O Ressurgimento da fênix 200cc – Uma pequena grande bobber

Olá pessoal! É sempre um grande desafio fazer um projeto de customização em motos de baixa cilindrada. Isso porque na grande maioria desses modelos o que dá volume e presença ao seu visual são as carenagens, e essas peças, em geral, acabam por ser retiradas para dar lugar a exemplares customizados e mais encurtados. Assim, tais modificações precisam ser feitas sem deixar a moto muito pequena e com aparência frágil.

Nós já apresentamos alguns projetos Cafe Racer de baixa cilindrada que tiveram uma excelente repercussão. Chegou a hora agora de divulgarmos um projeto Bobber da Oficina dos Tons em uma pequena notável. Esperamos que gostem!


FICHA TÉCNICA

Oficina dos Tons - Antes Bobber MVK Fenix 200
Visual original de fábrica.

Veículo: Shineray MVK XY200 Fenix 2009

Serviço: Customização Completa Bobber

Detalhes: Esse projeto consistiu em criar um visual completo no estilo Bobber para um modelo 200cc, com os clássicos paralamas mais curtos e o banco selim, além de guidão T-bar, velocímetro redondo, farol de led com carcaça redonda, retrovisores, lanterna e setas custom, suporte de placa lateral, escapamento com fita térmica e ponteira megafone, e pintura completa em preto. Mas o detalhe que se tornou a grande atração desse projeto foi a adaptação de 2 mini barris de inox, um para alocação da ignição e parte elétrica e o outro livre para o cliente colocar a bebida que desejar levar ou trazer de um passeio.

Acompanhe abaixo os detalhes desse exemplar único!


Essa moto já havia sofrido anteriormente algumas modificações feitas pelo cliente, como retirada do banco do garupa, encurtamento do paralama traseiro, detalhes de pintura em preto fosco, instalação de suporte de placa lateral e troca de algumas peças, mas o cliente solicitou à Oficina que criasse e produzisse do zero um visual completo Bobber para a sua moto.

Oficina dos Tons - Bobber MVK Fenix 200 - Antes
Detalhes de como a moto chegou à Oficina.

Iniciamos os trabalhos retirando todas as peças que iriam ‘sair de cena’, projetando a partir de moldes as peças novas e desenhando no computador as chapas que seriam cortadas em CNC. Com as chapas prontas, partimos para as modificações diretas na moto, como a redução da parte traseira do chassi.

Oficina dos Tons - Bobber MVK Fenix 200
Corte e acabamento do chassi.

A etapa seguinte foi a produção da chapa do banco selim e seus respectivos suportes, feitos sob medida para ajustar a posição de pilotagem ao tamanho do cliente e equilibrar visualmente a parte traseira da moto.

Oficina dos Tons - Bobber MVK Fenix 200
Estruturando a chapa do banco e ajustando seu posicionamento.

Com o banco instalado, assim como a chapa de acabamento da região abaixo dele, foi possível fazer o suporte para receber a lanterna bipartida com setas integradas, que teria também a função de dar acabamento ao final do chassi.

Oficina dos Tons - Bobber MVK Fenix 200
Marcando e soldando os suportes da lanterna.

As clássicas molas que normalmente sustentam a parte traseira do banco em projetos Bobber dessa vez foram substituídas por suportes fixos customizados feitos a partir de rolamentos. Essa foi uma escolha primeiramente estética, mas também por proporcionar mais firmeza na pilotagem, principalmente em curvas. Reiterando que não há perda de conforto, uma vez que esse não é um modelo ‘rabo duro’, e o amortecimento fica a cargo da própria suspensão traseira da moto.

Oficina dos Tons - Bobber MVK Fenix 200
Suporte traseiro de banco rústico e inovador.

E chegou a hora de falarmos da ‘cereja do projeto’: os mini barris de inox. Tivemos algumas conversas com o cliente buscando soluções que iriam compor as laterais da moto, em substituição das tampas originais. Inicialmente seriam alforges feitos sob medida, mas foram surgindo ideias relacionadas à cerveja,  barris de chopp, até chegarmos a um modelo de growler inox que casou perfeitamente com a moto, por ser bonito, ter opção de tamanho ideal, e ser funcional, com ótimo sistema de vedação da tampa. Definimos então que utilizaríamos 2 barris, 1 para esconder o chicote elétrico e instalarmos a ignição, ficando o outro livre para o cliente utilizar para a sua real finalidade, encher com alguma bebida que desejar. Partimos então para a criação dos suportes, buscando aliar estética e facilidade no manejo.

Oficina dos Tons - Bobber MVK Fenix 200
Produzindo suportes a partir de chapas desenhadas e cortadas em CNC.

Criamos suportes com dois aros de sustentação e um limitador ao final para encaixe exato dos barris. Daí foi encontrar a posição certa no chassi para alinhá-los com simetria, pensando também nas pernas do piloto, de acordo com a altura do nosso cliente. E ‘solda pra que te quero!’

Oficina dos Tons - Bobber MVK Fenix 200
Fazendo as marcações, limpando o chassi e soldando o suporte direito.
Oficina dos Tons - Bobber MVK Fenix 200
Preparando, posicionando e soldando o suporte esquerdo.

Para garantir a fixação dos barris e facilitar a sua retirada, fizemos correias de couro com botões de pressão. No barril esquerdo, para acomodar o chicote elétrico, fizemos um corte reto na parte superior, com adaptação de dobradiça e parafuso torneado, permitindo abri-lo e fechá-lo. Vale destacar ainda a possibilidade de ‘esconder’ a ignição da moto ao deixar o barril com a sua tampa de rosca.

Oficina dos Tons - Bobber MVK Fenix 200
Detalhes da funcionabilidade do barril esquerdo, com fácil manejo para manutenções.

Finalizada essa parte, foi a hora de partir para os paralamas dianteiro e traseiro, dobrados em chapa 18, nas larguras correspondentes aos pneus e com tamanhos encurtados típicos das Bobbers. Soldamos os suportes cuidadosamente para que os paralamas acompanhassem os pneus com uma pequena folga. Instalamos também o suporte de placa lateral na balança.

Oficina dos Tons - Bobber MVK Fenix 200
Suportes cortados em CNC e finalizados em solda MIG.

Como já pode ser visto na foto anterior, substituímos o farol da moto por modelo de led de 5.75” com carcaça redonda e produzimos seu suporte com usinagem de espaçadores. Optamos por farol com função de setas embutidas, o que, juntamente com paralama dianteiro curto, proporcionou deixar a frente da moto bem limpa.

Oficina dos Tons - Bobber MVK Fenix 200
Usinando espaçadores e finalizando suporte do farol.

Falta citar ainda duas últimas peças-chave da moto: o guidão T-bar que compôs muito bem o visual da frente juntamente com as bengalas, trouxe estilo, presença e conforto na tocada; e a ponteira estilo megafone com cordões de solda à mostra, que encorpou o som da moto e deu o toque final no aspecto rústico do projeto.

Oficina dos Tons - Bobber MVK Fenix 200
Peças produzidas em inox.

Seguiram-se ainda os serviços de pintura completa da moto com uma combinação de preto fosco, acetinado e brilhante e detalhe de water transfer de caveiras; capotaria do banco com material sintético e costura diamante; instalação de velocímetro redondo pequeno e retrovisores custom; montagem completa; ajustes e testes finais. Mas sem mais delongas, vamos direto agora ao resultado final.

Image Image

Arraste as setas sobre a foto acima para as laterais para sobrepor o antes e depois dessa customização. Percebam que os paralamas grandes, o banco volumoso e as espadas cromadas, que antes chamavam muita atenção, ‘saíram de cena’ e deram o protagonismo para os pneus/rodas e o chassi.

Oficina dos Tons - Bobber MVK Fenix 200
Novo visual frontal da moto.

As bengalas ganharam mais presença e visual mais alongado com a retirada de todas as peças que ficavam na sua frente como faróis auxiliares e setas; a troca do farol por modelo menor e do guidão por exemplar mais alto e robusto; além da pintura completa em preto acetinado que trouxe movimento e unidade.

Image Image

Arraste as setas novamente para comparar dessa vez a visão da lateral direita. As peças em inox entraram como detalhes customizados que trouxeram estilo e vida às laterais e os toques de cor no banco e no tanque deram a devida visibilidade que essas peças merecem, mas de forma equilibrada.

Oficina dos Tons - Bobber MVK Fenix 200
Transformação radical da traseira.

A traseira ganhou muito estilo com a combinação espelhada dos barris de inox, lanterna bipartida e amortecedores, e a aba do banco ficou no tamanho exato para sobrepor de forma simétrica essas peças. A ponteira de um lado e o suporte de placa do outro terminaram de equilibrar o visual.

Definitivamente, essa é uma moto para ser admirada tanto de longe por suas lindas curvas customizadas, como também bem de perto, observando e descobrindo os detalhes de cada peça. Fiquem agora com um álbum completo do resultado final do ressurgimento dessa Fênix de 200cc.


Esperamos que tenham gostado da nossa versão Bobber para a MVK Fênix 200. E você também pode ter uma moto como essa para se deslocar na cidade com muito estilo. É só entrar em contato conosco através do telefone (31) 3656-6533 para conversarmos sobre o seu projeto.

Obrigado pela atenção e até a próxima!

Atenciosamente,