BMW 1150 Cafe Racer – Processo e Resultado Final

Olá, pessoal! Nesse post, vamos contar um pouco de como foi o processo de customização Cafe Racer dessa BMW 1150. Esse será um post mais longo, mas acreditamos que bem interessante pra quem gosta do assunto.

Oficina dos Tons - Cafe Racer BMW 1150
Visual lateral frontal e traseira da moto original de fábrica.

FICHA TÉCNICA

Veículo: BMW R1150R 2001

Serviço: Customização Cafe Racer

Detalhes: Esse foi um projeto totalmente criado e realizado aqui na Oficina, a partir de algumas ideias e referências trazidas pelo cliente. O maior diferencial desse trabalho com certeza foi a produção de um novo chassi feito sob medida para a moto, para receber banco reto para uma pessoa. Vale destacar ainda a alteração do visual frontal da moto, com paralama, suportes de velocímetro e farol, e retrovisores novos; a instalação de sistema de led para lanterna e setas e suporte de placa personalizado na traseira; as adaptações no sistema de entrada de ar e parte elétrica; e a finalização da moto com novas cores e assinatura.

Parceiros:
Usilima Torneamentos, Forracar, Bazu Eletricista, Ciclops, Tecnologia Tintas, Bravinhos Filtros Esportivos, Acrilminas, Mr. Roads, Anderson Porto, Marcelo Magalhães, Waldir Monteiro, Luciano Saraiva e todos que auxiliaram de alguma forma nesse processo.

Acompanhe abaixo as etapas desse processo de customização.


Vamos começar destacando algumas características originais da moto, detalhes que valem ser lembrados para comparativo com o resultado final.

Oficina dos Tons - Cafe Racer BMW 1150
Disposição do farol, setas dianteiras e bolha; paralama dianteiro grande e volumoso; disposição do odômetro, tacômotro e luzes indicadoras; pivô, molas, canelas e rodas na cor cinza; traseira com rabeta longa com bagageiro, lanterna e setas; formato do chassi; localização da caixa de ar, caixa de fusíveis e outros componentes.

O processo iniciou-se então com a desmontagem da moto para estudo dos detalhes técnicos e definição do novo design da moto.

Oficina dos Tons - Cafe Racer BMW 1150
Desenvolvimento no computador do desenho do novo chassi e banco.

Finalizados todos os estudos de design e testes de resistência no computador, seguimos para a produção do chassi com o corte das peças em CNC laser e a finalização com trabalho minucioso de soldagem.

Oficina dos Tons - Cafe Racer BMW 1150
Trazendo as peças do “virtual” para o real.
Oficina dos Tons - Cafe Racer BMW 1150
Soldando o novo suporte do amortecedor e detalhe do resultado final de um cordão de solda.
Oficina dos Tons - Cafe Racer BMW 1150
Soldando as laterais do chassi e o suporte do amortecedor no lugar; e o detalhe do desenho de mais um cordão de solda pronto.
Oficina dos Tons - Cafe Racer BMW 1150
Comparativo do chassi original com a parte inferior do novo chassi personalizado, respeitando os pontos de parafusação originais e angulação de encaixe na moto.

Com essa primeira etapa finalizada, partimos para a produção de um protótipo do banco para ajustarmos os últimos detalhes para a produção da parte de cima do chassi e da chapa do banco.

Oficina dos Tons - Cafe Racer BMW 1150
Uma prévia do banco na moto.
Oficina dos Tons - Cafe Racer BMW 1150
Parte de cima do chassi também produzida com corte CNC laser.
Oficina dos Tons - Cafe Racer BMW 1150
Arrebitando acabamentos de rosca na chapa do banco para parafusação no chassi.
Oficina dos Tons - Cafe Racer BMW 1150
Últimos testes do encaixe do circuito de led a ser instalado na traseira.
Oficina dos Tons - Cafe Racer BMW 1150
Soldando a parte de cima do chassi e o resultado final das soldas com parâmetros para segurança e estética.
Oficina dos Tons - Cafe Racer BMW 1150
Resultado final do novo chassi, feito sob medida para a moto e para esse projeto Cafe Racer.
Oficina dos Tons - Cafe Racer BMW 1150
Comparativo do chassi original com o novo chassi finalizado, inclusive com suporte para parafusação do tanque, presilha para encaixe do reservatório de fluido de freio traseiro e rebaixo de canaleta para passagem da fiação da traseira.

Nas fotos acima é possível perceber como reduzimos o comprimento do chassi e afinamos a traseira da moto, além de deixarmos o suporte para base do banco totalmente reto. Dessa forma, foi possível trazer o espírito Cafe Racer para a silhueta da moto e agregar mais esportividade e design ao seu visual, com um desenho de chassi bonito e diferenciado.

Oficina dos Tons - Cafe Racer BMW 1150
Último teste de montagem do novo chassi antes da desmontagem para pintura eletrostática e prévia da altura final da moto sendo possível para o piloto colocar o pé totalmente no chão, como solicitado pelo cliente.

Paralelo a todo esse serviço de construção de um novo chassi, foram sendo criadas e produzidas também novas peças e suportes para a moto. Vamos falar rapidamente de alguns detalhes principais, começando pela produção de um paralama dianteiro curto para substituir o original que era muito grande e volumoso.

Oficina dos Tons - Cafe Racer BMW 1150
À esquerda, o protótipo para suporte do paralama e, à direita, as peças já cortadas prontas para serem soldadas.
Oficina dos Tons - Cafe Racer BMW 1150
Soldando suporte de paralama e resultado final dessa peça totalmente personalizada, pronta para ir para pintura.

Outra peça que sofreu uma mudança significativa foi o painel, do qual utilizamos os copos de velocímetro, conta giros e luzes indicadoras originais e criamos um novo design, com suporte feito sob medida e “carcaça” personalizada com filetes em acrílico.

Oficina dos Tons - Cafe Racer BMW 1150
Estudando novo design para o painel e soldando base e suporte produzidos sob medida.
Oficina dos Tons - Cafe Racer BMW 1150
Nova disposição das luzes indicadoras e prévia do novo design com uma proposta mesclando sofisticação e uma pegada mais hard, deixando fios à mostra.

Para finalizar a frente, o suporte do farol também sofreu modificações e foram instaladas sanfonas protetoras de bengalas e novos retrovisores com setas de led integradas.

Oficina dos Tons - Cafe Racer BMW 1150
Suportes de retrovisores feitos sob medida com ajustes de inclinação vertical e horizontal.

Pulando agora para a parte traseira, vale comentar do suporte de placa atrás da roda feito sob medida para a moto.

Oficina dos Tons - Cafe Racer BMW 1150
Criação e produção de suporte de placa personalizado, com parafuso de led para iluminação obrigatória.

Ainda outro detalhe interessante que vale ser citado foi a remoção da caixa de ar da moto e as adaptações no sistema de entrada de ar para receber filtros esportivos de duplo fluxo, deixando a parte debaixo da moto com visual mais limpo e clean.

Olhando a moto detrás, essa composição motor, filtros e chassi criou também uma geometria bem interessante.

Finalizadas as adaptações, a moto foi novamente desmontada para realização do trabalho pintura e capotaria. Escolhemos trabalhar dentro da palheta de cores preto, azul e branco, para remeter à marca da BMW. O tanque recebeu uma pintura perolizada com efeito degradê de cima para baixo, indo do preto para o azul, tonalidade com a qual foram pintados também os acabamentos internos das abas laterais, enquanto estas últimas receberam a cor branco perolizado.

Oficina dos Tons - Cafe Racer BMW 1150
Detalhes da disposição das cores, do brilho perolizado e do degradê.

O restante da moto recebeu por sua vez uma pintura preto fosco, incluindo aí canelas, rodas, pinças de freio, pivô, molas, chassi, carcaça do velocímetro e todos os suportes criados, no intuito de tirar um pouco da atenção da parte debaixo da moto e levar o olhar das pessoas para o conjunto tanque e banco. O paralama dianteiro e os discos, por sua vez, foram pintados de branco fosco para contra balancear.

Detalhes das pinturas preto e branco fosco nos outros componentes da moto.

Para casar com o visual global da moto, o banco foi feito na tonalidade grafite com costura em losangos e linha avermelhada no centro e capotinha e detalhe lateral lisos.

Oficina dos Tons – Cafe Racer BMW 1150
Assentamento total do banco no chassi e no tanque e detalhe de bolso com zíper na lateral.

Uma última peça criada nessa etapa final foi um acabamento personalizado com detalhe de chapa perfurada também pintado em preto fosco para finalizar o visual lateral da moto.

Oficina dos Tons – Cafe Racer BMW 1150
Peça de acabamento que liga o movimento entre o tanque e o banco.

Nessa etapa de finalização foi feito também todo um trabalho de realocação do chicote e componentes elétricos para pontos escondidos, deixando o mínimo de fiação aparente. Daí, foi partir para os ajustes e testes finais e fazer a assinatura da Oficina na moto, através de emblema nas abas laterais.

Oficina dos Tons - Cafe Racer BMW 1150
Uma assinatura discreta e com personalidade para encerrar com chave de ouro mais um projeto.

E depois de muito trabalho e dedicação, a recompensa: uma moto única e exclusiva, com visual final harmônico, agressivo, sofisticado e inovador.

Oficina dos Tons – Cafe Racer BMW 1150
Resultado final BMW R1150R Cafe Racer by Oficina dos Tons.
Oficina dos Tons – Cafe Racer BMW 1150
Um projeto criado e realizado pela Oficina em diálogo constante com o cliente.
Oficina dos Tons – Cafe Racer BMW 1150
Uma moto com grande riqueza de detalhes diferenciados.

Após esse rápido tour pelas etapas dessa customização, fiquem agora com mais algumas fotos do resultado final dessa BMW R1150R Cafe Racer.

Mais uma vez queremos agradecer a Deus; ao Mestre Masaharu Taniguchi; ao cliente que confiou no nosso trabalho; a todos os amigos, colaboradores e fornecedores que acompanham os nossos projetos e sempre nos apoiam e auxiliam; e a você que leu este post até o final.

Para nós este foi um projeto muito desafiador e prazeroso. Esperamos que tenham gostado. E estamos à disposição para desenvolver também um projeto Cafe Racer (ou outro tipo de customização) para a sua moto. É só entrar em contato por email ou telefone e agendar uma visita.

Muito Obrigado! Muito Obrigado! Muito Obrigado!

Atenciosamente,